18 de outubro de 2020 – 29º Domingo do Tempo Comum – Ano A

LEITURA I Is 45, 1.4-6

 

Leitura do Livro de Isaías

Assim fala o Senhor a Ciro, seu ungido, a quem tomou pela mão direita, para subjugar diante dele as nações e fazer cair as armas da cintura dos reis, para abrir as portas à sua frente, sem que nenhuma lhe seja fechada: «Por causa de Jacob, meu servo, e de Israel, meu eleito, Eu te chamei pelo teu nome e te dei um título glorioso, quando ainda não Me conhecias. Eu sou o Senhor e não há outro; fora de Mim não há Deus. Eu te cingi, quando ainda não Me conhecias, para que se saiba, do Oriente ao Ocidente, que fora de Mim não há outro. Eu sou o Senhor e mais ninguém».

 

Palavra do Senhor.

 

SALMO RESPONSORIAL Salmo 95 (96), l.3.4-5.7-8.9-10a.c (R. 7b)

 

Refrão: Aclamai a glória e o poder do Senhor.

 

 

Cantai ao Senhor um cântico novo,

cantai ao Senhor, terra inteira.

Publicai entre as nações a sua glória,

em todos os povos as suas maravilhas.

 

 

O Senhor é grande e digno de louvor,

mais temível que todos os deuses.

Os deuses dos gentios não passam de ídolos,

foi o Senhor quem fez os céus.

 

 

Dai ao Senhor, ó família dos povos,

dai ao Senhor glória e poder.

Dai ao Senhor a glória do seu nome,

levai-Lhe oferendas e entrai nos seus átrios.

 

 

Adorai o Senhor com ornamentos sagrados,

trema diante d’Ele a terra inteira.

Dizei entre as nações: «O Senhor é rei»,

governa os povos com equidade.

 

 

LEITURA II 1 Tes 1, 1-5b

 

 

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Tessalonicenses

 

Paulo, Silvano e Timóteo à Igreja dos Tessalonicenses, que está em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo: A graça e a paz estejam convosco. Damos continuamente graças a Deus por todos vós, ao fazermos menção de vós nas nossas orações. Recordamos a actividade da vossa fé, o esforço da vossa caridade e a firmeza da vossa esperança em Nosso Senhor Jesus Cristo, na presença de Deus, nosso Pai. Nós sabemos, irmãos amados por Deus, como fostes escolhidos. O nosso Evangelho não vos foi pregado somente com palavras, mas também com obras poderosas, com a acção do Espírito Santo.

 

Palavra do Senhor.

 

EVANGELHO Mt 22, 15-21

 

+ Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo, os fariseus reuniram-se para deliberar sobre a maneira de surpreender Jesus no que dissesse. Enviaram-Lhe alguns dos seus discípulos, juntamente com os herodianos, e disseram-Lhe: «Mestre, sabemos que és sincero e que ensinas, segundo a verdade, o caminho de Deus, sem Te deixares influenciar por ninguém, pois não fazes acepção de pessoas. Diz-nos o teu parecer: É lícito ou não pagar tributo a César?». Jesus, conhecendo a sua malícia, respondeu: «Porque Me tentais, hipócritas? Mostrai-Me a moeda do tributo». Eles apresentaram-Lhe um denário, e Jesus perguntou: «De quem é esta imagem e esta inscrição?». Eles responderam: «De César». Disse-lhes Jesus: «Então, dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus».

 

Palavra da salvação.

 

Reflexão:

 

Louvemos o Senhor

 

Deus é tão nosso amigo! Chamou o Profeta Isaías ainda antes dele O conhecer (Primeira Leitura). Desde sempre pensou em nós. Está connosco. Quer a nossa companhia no Céu quando nos vier chamar.

Como O devemos adorar e louvar! Não têm conta os dons que nos concede…

Deu-nos a vida. Aproveitemo-la para cumprir a missão que nos confiou.

Deu-nos a saúde. Trabalhemos e esforcemo-nos por tornarmos o mundo melhor.

Deu-nos uma família. Procuremos ajudar-nos uns aos outros para sermos felizes. A sociedade será mais feliz.

Deu-nos a Fé. Nunca duvidemos da Sua presença amiga na nossa vida para nos abençoar, ajudar e salvar.

 

Agradeçamos ao Senhor

São Paulo dá continuamente graças a Deus ( Segunda Leitura ).

Agradeçamos ao Senhor pelo céu tão belo onde brilham de noite a lua e as estrelas e onde o sol nos alumia e aquece em cada dia que passa.

Agradeçamos ao Senhor pela terra onde vivemos, pelos animais, pelos campos, pelas florestas e pelos jardins que nossos olhos contemplam-

Agradeçamos ao Senhor pela imensidão do mar onde vivem os peixes que nos alimentam e cujas águas unem os cinco continentes.

Agradeçamos ao Senhor pelo navio, pelo automóvel, pelo comboio, pelo avião e pela nave espacial que nos transportam a todo o mundo.

Agradeçamos ao Senhor pelos jornais, pelos livros, pelas revistas e também pelo telefone, pelo telemóvel, pela rádio, televisão e internet que nos mantêm virtualmente presentes em todos os dias e a qualquer hora.

 

Anunciemos o Senhor ao mundo

Anunciemos o Senhor ao mundo para que as pessoas cumpram os seus deveres na sociedade e as suas obrigações para com Deus, observando o que Ele diz no Evangelho: « Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus ».

Anunciemos o Senhor às crianças. Onde estão irradiam beleza, simplicidade, ternura, alegria, elevando-nos para Deus misericordioso e bom.

Anunciemos o Senhor aos jovens. Eles vão continuar a obra dos seus antecessores com muita audácia, generosidade e inovação.

Anunciemos o Senhor aos adultos. As diversas profissões e actividades que exercem contribuem para o progresso da humanidade.

Anunciemos o Senhor aos idosos. Eles também têm um lugar insubstituível na sociedade para ensinar com a experiência adquirida.

Anunciemos o Senhor aos que se santificam na vida familiar e àqueles que o Senhor chamou para a vida consagrada ao serviço dos irmãos.

Tenhamos connosco durante todos os dias da nossa vida a Virgem Maria que há cem anos veio ao nosso encontro em Fátima. Sem Ela nada conseguiremos. Com o Seu amor de Mãe alcançaremos para nós e para todos as bênçãos do Senhor. A felicidade vivida na terra permanecerá para sempre no Céu.

 

 

Oração Universal ou dos Fiéis

 

Irmãs e irmãos:

A exemplo do apóstolo São Paulo, oremos, nós também, ao Pai celeste pela Igreja e por todos os homens deste mundo, dizendo (ou cantando), numa só voz:

 

R/ Ouvi, Senhor, a oração do vosso povo.

Ou: Senhor, venha a nós o vosso reino.

Ou: Escutai, Senhor, a nossa oração.

 

 

 

  1. Pelas Igrejas do Oriente e do Ocidente,

pelas que vivem em países de missão

e pelos seus bispos, presbíteros e missionários,

oremos.

 

 

  1. Pelos que estão constituídos em autoridade,

pelos que dão a César o que é de César,

e pelos que dão a Deus o que é de Deus,

oremos.

 

 

  1. Pelos homens e mulheres mais infelizes,

pelos que sofrem a ditadura e a opressão

e por aqueles que vivem sem direitos,

oremos.

 

 

  1. Pelas missões de todo o mundo,

pelas religiosas e irmãos leigos que as servem

e pelos cristãos que por elas oram sem desânimo,

oremos.

 

 

  1. Pela nossa assembleia aqui reunida,

pelos fiéis que permanecem firmes na esperança

e pelos que praticam com alegria a caridade,

oremos.

 

 

 

(Outras intenções: os que dão testemunho de Cristo na sua vida …).

 

Senhor, Deus do universo,

que acolheis as orações e acções de graças daqueles que se reúnem em Igreja, escutai os anseios do coração e as súplicas que Vos apresentamos com toda a confiança.

Por Cristo Senhor nosso.

Check Also

27 de setembro de 2020 – 26º Domingo do Tempo Comum – Ano A

LEITURA I Ez 18, 25-28   Leitura da Profecia de Ezequiel Eis o que diz …