Deus chama-nos à conversão

Deus criou um mundo onde há lugar para todos. Somos colaboradores da obra de Deus. Essa mensagem também está no centro da Bíblia.

Somos semelhantes a Deus. Como Ele, somos livres para viver a vida do jeito que quisermos e assumir a responsabilidade pelos nossos atos (Gn 1.26-27).

A pessoa sai das mãos de Deus incompleta. Durante sua vida, vai-se completar a si mesma. Essa é a diferença que existe entre o ser humano e as outras criaturas de Deus.

Enquanto as outras criaturas nascem, vivem e morrem como manda a natureza, o ser humano é chamado a fazer escolhas e a tomar decisões. Ele pode escolher a vida ou a morte, a felicidade ou a infelicidade (Dt 30,15).

Para se completar a si mesma, a pessoa precisa da liberdade. Ser livre é ser capaz de construir a própria história. Deus ama-nos e faz-nos livres para amar.

Oprimir é tirar a liberdade das pessoas. É a ação que vai contra todo o projeto amoroso de Deus. A Bíblia conta como o povo de Deus, no decorrer da sua história, enfrentou todo o tipo de opressão.

Contra a opressão, o único remédio é a conversão (Mt 3,2). Conversão é mudar de vida, do egoísmo e do individualismo para a liberdade e o amor aos irmãos.

Na vida fraterna, não há opressão de um sobre o outro. Todos são iguais e se completam mutuamente, na busca do bem comum. Não há Reino de Deus sem mudança de vida e sem transformação da sociedade!

Check Also

Mobilizar a Sociedade Civil na ajuda em situações de privação

As debilidades estruturais do Estado e da Sociedade Civil portugueses foram evidenciadas e agravadas, a …