22 de fevereiro de 2021 – Festa da Cadeira de São Pedro, Apóstolo

Dos Sermões de São Leão Magno, papa

(Sermão 4 sobre o aniversário da sua ordenação, 2-3: PL 54, 149-151) (Sec. V)

A Igreja de Cristo ergue-se sobre a firmeza da fé de Pedro

De entre os homens de todo o mundo é Pedro o único escolhido para ser posto à frente de todos os povos chamados à fé, para ser posto à frente de todos os Apóstolos e de todos os Padres da Igreja; e assim, embora haja no povo de Deus muitos sacerdotes e muitos pastores, Pedro é o verdadeiro guia de todos aqueles que têm Cristo como chefe supremo. Dignou-Se Deus conceder a este homem, caríssimos irmãos, uma grande e admirável participação no seu poder; e, se Ele quis que os outros chefes da Igreja tivessem com Pedro algo de comum, foi por intermédio de Pedro que isso lhes foi concedido.
A todos os Apóstolos pergunta o Senhor o que pensam os homens acerca d’Ele; e a resposta de todos revela de modo unânime as hesitações da humana ignorância.
Mas quando procura saber o pensamento dos discípulos, o primeiro na confissão do Senhor é o primeiro na dignidade apostólica. Tendo ele dito: Tu és Cristo, o Filho do Deus vivo, Jesus respondeu-lhe: És feliz, Simão Bar-Jonas, porque não foram a carne nem o sangue que to revelaram, mas sim meu Pai que está nos Céus; ou seja, és feliz, porque o meu Pai te ensinou, e não foste enganado pela opinião da terra, mas instruído pela inspiração do Céu; e não foram a carne nem o sangue que to revelaram, mas sim Aquele de quem sou o Filho Unigénito.
E Eu te digo, acrescentou; ou seja, assim como o meu Pai te manifestou a minha divindade, assim Eu te revelo a tua dignidade: Tu és Pedro, isto é: Eu sou a pedra inquebrantável, Eu sou a pedra angular que de dois povos faz um só, Eu sou o fundamento que ninguém pode substituir; todavia também tu és pedra, porque solidário com a minha força e, desse modo, o poder que Me é próprio por prerrogativa pessoal ser-te-á comunicado pela participação comigo.
E sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Sobre esta fortaleza construirei um templo eterno, e as alturas da minha Igreja, que hão-de penetrar no Céu, erguer-se-ão sobre a firmeza da fé de Pedro.
As portas do Inferno não poderão impedir esta confissão, não a ligarão os vínculos da morte: porque esta palavra é a palavra da vida. E assim como conduz ao Céu os que a confessam, precipita no inferno os que a negam.
Por isso foi dito a São Pedro: Dar-te-ei as chaves do reino dos Céus. Tudo o que ligares na terra será ligado nos Céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos Céus.
Passou sem dúvida também para os outros Apóstolos o direito deste poder, e a constituição deste decreto atingiu todos os príncipes da Igreja; mas não é sem razão que é confiado a um o que é imposto a todos. O poder é concedido de modo singular a Pedro, porque foi posto à frente de todos os que têm de governar a Igreja.

Check Also

20 de fevereiro de 2000| 20 de fevereiro de 2021- 21 anos de Ordenação dos primeiros Diáconos permanentes

Foi no ano jubilar de 2000 que, a 20 de fevereiro, D. Manuel Madureira Dias, …