Home | Noticias | MÃOS AO TRABALHO

MÃOS AO TRABALHO

Neste mês de setembro, início das aulas, as comunidades cristãs programam as atividades para o novo ano pastoral. Todos põem mãos ao trabalho.

Teresa de Jesus nasceu em Ávila no ano 1515. Entrou na ordem das Carmelitas e escreveu, entre outros, o livro «Caminho de Perfeição». No primeiro capítulo diz três coisas muito atuais.

A primeira é a constatação dos maus tempos para Cristo e para a Igreja. A segunda é o desejo de que os poucos amigos que Cisto tem sejam bons. A terceira é a decisão de não ficar com os braços cruzados.

Escreve ela: «Determinei-me a fazer este pouquinho que está ao meu alcance, ou seja, viver os conselhos evangélicos com toda a perfeição».

Esta ideia de não cruzar os braços é muito oportuna. Cada pessoa, em vez de passar o tempo a lamentar-se, deve fazer durante este ano pastoral o pouquinho que está ao seu alcance para melhorar a Igreja e o Mundo.

 

TODOS NECESSÁRIOS

Se a pedra dissesse que não é uma pedra que pode fazer uma parede, não havia casas.

Se uma gota de água dissesse que não é uma gota de água que pode fazer um rio, não haveria nunca o mar.

Se um grão de trigo dissesse que não é um grão de trigo que pode fazer uma seara, não haveria pão.

Se um bago de uvas disse que não é um bago que faz uma vindima, não haveria vinho.

Se o homem dissesse que não é um gesto de amor que pode salvar a humanidade, nunca haveria amizade e paz no mundo.

Cada um de nós é necessário, é único e insubstituível.

 

Fonte:

Jornal Cavaleiro da Imaculada

Ano 54 | nº 966| setembro de 2014

Check Also

Igreja do Algarve apresenta Programa Pastoral 2019/2020 em Assembleia Diocesana

O Programa Pastoral da Diocese do Algarve para o ano pastoral 2019/2020, sob o tema …