Home | Noticias | CRER É ESCUTAR A VOZ DO CORAÇÃO

CRER É ESCUTAR A VOZ DO CORAÇÃO

«Naquele tempo, disse Jesus aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo: “Que vos parece? Um homem tinha dois filhos. Foi ter com o primeiro e disse-lhe: Filho, vai hoje trabalhar para a vinha!” mas ele respondeu: “Não quero!” depois, porém, arrependeu-se e foi. O homem dirigiu-se ao segundo filho e falou-lhe da mesma maneira. Este respondeu-lhe: “Eu vou, senhor”. Mas, de facto, não foi… Qual dos dois fez a vontade ao Pai? Eles responderam-lhe: “o primeiro!” replicou-lhes Jesus: “Em verdade vos digo: Os publicanos e as mulheres de má vida vão antes de vós para o Reino de Deus!» (Mt 21, 28-31).

Vivemos do Amor, a lei que trazemos todos – crianças e adultos, bons e maus – gravada no coração…
Ama-se com actos e não com palavras…
«Que vos parece?», pergunta Cristo aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo; exatamente aos que, mais tarde, hão-de pedir a sua morte: «Qual dos filhos fez a vontade ao Pai?» O que disse não e foi para a vinha, ou o que disse sim e não foi?»
– O primeiro! O que disse não e foi!…
Até os inimigos do bem o trazem gravado no coração… Os ladrões procuram a noite ou a solidão para roubar, por saberem que o não devem fazer, senão faziam-no às claras… As cadeias estão cheias de gente que sabia muito bem que não devia ter feito o que ali a levou. Se o não soubesse, não podia ter sido condenada…
»Nem todo o que Me diz “Senhor, Senhor”, entrará no Reino dos Céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos Céus» (Mt 7,21). Não com lindas palavras que se distinguem os que são de Cristo; é com actos. Jesus não está com meias medidas, afirmando: «Os publicanos e as mulheres de má vida vão antes de vós para o Reino de Deus, porque acreditaram e vós, não!…» acredita-se com actos e não com palavras!…

A fé está no modo de proceder e não no modo de dizer ou de pensar. Não são os que pensam bem ou falam bem – os bem pensantes e bem falantes – que se salvam ou mudam o mundo, mas os que agem bem!…

Se, afinal, todos sabemos o que devemos ou não devemos fazer, porque não fazemos o que devemos, em vez de fazermos o que não devemos? Porque não escutamos a voz do nosso coração!… Até as crianças distinguem claramente o bem do mal. Não são elas muito melhores do que os adultos? E porquê? Porque escutam o coração, ao contrário dos que já o não têm!… se escutássemos mais o coração, seríamos mais felizes do que somos! E o mundo andaria muito melhor do que anda!…

Check Also

Erradicar as causas de uma chaga

Dar cidadania aos mais fracos, aos excluídos, a quem não tinha oportunidade nem possibilidade de …