Algarve: Bispo diz que fé «não pode ser sujeita às ‘marés’, aos ‘ventos’, opiniões, movimentos sociais»

D. Manuel Quintas pediu aos cristãos que sejam mais «autênticos»

Faro, 03 abr 2023 (Ecclesia) – O bispo do Algarve afirmou que a Semana Santa, que começou este Domingo de Ramos, deve ajudar a “alicerçar” a fé, “de maneira mais profunda na pessoa de Cristo”, para que não fique “sujeita a ‘marés’, ‘ventos’, opiniões, movimentos”.

“Reviver hoje a procissão de ramos desta entrada de Jesus em Jerusalém quer significar para todos nós a verdade da nossa fé, a radicalidade da nossa fé, ou seja da nossa adesão à pessoa de Jesus”, afirmou D. Manuel Quintas, citado pelo jornal diocesano ‘Folha do Domingo’.

O bispo do Algarve pediu aos cristãos que sejam “mais verdadeiros” e “autênticos” na profissão da sua fé, em frente à igreja na Misericórdia de Faro onde benzeu os ramos e de onde saíram em procissão para a Sé.

A nossa fé não pode ser uma fé sujeita às ‘«marés’, aos ‘ventos’, às opiniões dos outros, aos movimentos sociais, às conveniências porque essa é uma fé que não está verdadeiramente enraizada, alicerçada na pessoa de Cristo, não está consolidada com a família, com a comunidade que é a Igreja”.

D. Manuel Quintas alertou para o “contraste” do povo judeu que “acolhe Jesus de maneira alegre, vitoriosa, aclamando-o, reconhecendo nele o Messias” mas, dias depois, pede “que seja crucificado”, parecendo que se “esqueceu” da “afirmação de fé”, da adesão à pessoa de Jesus”

Segundo o responsável diocesano, Jesus dirigiu-se para Jerusalém em “missão de paz”, a mesma a que são chamados a “assumir cada dia da vida”, lembrando “a guerra que não tem fim na Ucrânia” ou as “pequeninas guerras” no contexto particular de cada um, “aquelas guerras que se travam também no coração e na vida”.

“É importante acolher a pessoa de Cristo como aquele que vem com uma missão de paz e que nos confia a cada um de nós esta missão”, assinalou.

Neste sentido, já na catedral de Faro, na celebração de início da Semana Santa, D. Manuel Quintas pediu aos cristãos que se confiem “a Cristo crucificado e ressuscitado” e não tenham “medo de colocar a vida nas suas mãos tal como ele colocou a sua nas mãos do Pai”, lê-se no jornal ‘Folha do Domingo’.

A Igreja Católica iniciou este domingo, com a celebração dos Ramos, a Semana Santa, momentos centrais do ano litúrgico.

A Diocese do Algarve, através do Setor da Pastoral do Turismo, publicou online os horários das celebrações nas paróquias, vicariatos paroquiais e na Sé de Faro, que são presididas pelo bispo diocesano.

OC/PR

din

Check Also

Pedir a Fé

Quando ao longo do Evangelho, nos são relatados vários milagres, podemos constatar qe muitos deles …

Sahifa Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.