9/11 de setembro – Encontro Nacional da Pastoral Social -Fátima

Iniciativa inspirada na exortação apostólica do Papa Francisco «Evangelli Gaudium» pretende suscitar novos desafios e mentalidades

Lisboa, 22 mai 2014 (Ecclesia) – O 29.º Encontro da Pastoral Social vai decorrer entre 9 e 11 de setembro em Fátima, subordinado ao tema “A dimensão social do anúncio do Evangelho”.

Em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o diretor do Secretariado Nacional da Pastoral Social (SNPS) convida todos os serviços e instituições da Igreja Católica a participarem nesta iniciativa, cuja reflexão será inspirada no quarto capítulo da exortação apostólica “Evangelli Gaudium”, do Papa Francisco.

O padre José Manuel Pereira de Almeida espera que os participantes possam acolher as ideias do Papa “como um desafio” e que a partir delas “arrisquem” mudar mentalidades.

Nesse documento, o Papa argentino salienta que é indispensável prestar atenção” às novas formas de pobreza e fragilidade”, como “os sem-abrigo, os toxicodependentes, os refugiados, os povos indígenas, os idosos cada vez mais sós e abandonados” e as vítimas de “tráfico” humano e exploração sexual.

Francisco recorda também a situação dos “migrantes” e a necessidade de trabalhar para que os países possam dar corpo a “uma abertura generosa que, em vez de temer a destruição da identidade local, seja capaz de criar novas sínteses culturais”.

Quanto à ação concreta de quem trabalha na área da Pastoral Social, o Papa frisa que esta missão “não consiste exclusivamente em ações ou programas de promoção e assistência” humana.

Implica uma “verdadeira preocupação” pelas pessoas e especialmente uma “autêntica opção pelos pobres”, no respeito pelo seu modo de ser, a sua cultura, a sua forma de viver a fé”.

“Unicamente a partir desta proximidade real e cordial é que podemos acompanhá-los adequadamente no seu caminho de libertação”, escreve Francisco, que sublinha entre outros aspetos a importância do acompanhamento espiritual.

O SNPS – recorda o padre José Manuel Pereira de Almeida – reúne uma “extensa plataforma” de organismos, entre os quais “os grupos paroquiais de ação social, as Cáritas e as Comissões Justiça e Paz, a Sociedade de São Vicente de Paulo, os Centros Sociais Paroquiais e as instituições sociais de Institutos Religiosos.

Integra ainda as Misericórdias, a Pastoral da Saúde e a Pastoral Penitenciária com as respetivas Capelanias, a Pastoral das Pessoas com Deficiência, a Federação das Instituições de Terceira Idade (FITI), a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre.

O presidente do SNPS destaca a importância de reforçar relações com a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade e com os serviços da Igreja Católica que trabalham junto das minorias étnicas, dos trabalhadores do mar e dos turistas.

JCP

Check Also

de 2 a 9 de outubro de 2022- Semana Nacional da Educação Cristã

de 2 a 9 de outubro de 2022- Semana Nacional da Educação Cristã