VAI E NÃO TORNES A PECAR

  1. Em muitas cenas do Evangelho deparamos com as duas grandes mentalidades que estão na origem das nossas atitudes de pecadores: a mentalidade pagã voltada para o gozo de cada situação, e a mentalidade farisaica preocupada com a observância exterior da lei, ambas como critério do que é bom ou mau e ambas em contraste com a mentalidade de Jesus Cristo, que é a do primado do amor. «Acautelai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes».

 

  1. Quando qualquer daquelas mentalidades se absolutiza torna-se um ídolo que cega, impedindo de ver a própria cegueira…Mas as palavras mais duras de Jesus Cristo são para a mentalidade farisaica, porque a segurança que pode dar uma moral legalista é mais forte do que a que resulta da chamada noral de situação, tornando aquela, por isso, mais difícil a conversão.

 

  1. Jesus Cristo, que não veio abolir a lei mas ensinar a vivê-la no Espírito, revelou sempre um coração clemente e compassivo, que não quer a morte do pecador, mas que este reconheça o seu pecado, se converta e viva…

 

 

– Procuro abrir-me à ação do Espírito Santo, quer para vencer as tentações da mentalidade pagã quer para não me deixar instalar no cumprimento ritualista dos preceitos religiosos?

– Sou compreensivo com os outros e evito condená-los com os meus juízos apressados?

– Procuro que tanto eu como aqueles com quem me relaciono vamos encarnando os problemas e situações da vida de harmonia com o primado do amor?

Check Also

Maria, a Mulher realizada

  Maria é uma mulher feliz. Feliz segundo Deus. Feliz, porque ouviu a Palavra e …

Sahifa Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.