Portugal: Igreja quer trabalhar com cada família para definir novos rumos

Responsáveis pelas Jornadas da Pastoral Juvenil/Jornadas Missionárias 2014 apontam prioridades

Fátima, Santarém, 21 set 2014 (Ecclesia) – As Jornadas da Pastoral Juvenil/Jornadas Missionárias 2014 que hoje se concluem em Fátima reuniram mais de 300 participantes numa reflexão conjunta sobre o tema ‘Família, um projeto’, em sintonia com a próxima assembleia extraordinária do Sínodo dos Bispos (5-19 de outubro).

Para o padre António Lopes, diretor nacional das Obras Missionárias Pontifícias (OMP), as Jornadas Missionárias 2014, “ninguém tem receita” para as dificuldades da família.

“Como cristãos, a resposta vem da Família de Deus, essa é a única receita. É um Deus que envia o seu filho e nos envolve no abraço do Espírito Santo, acolhendo-nos a todos”, acrescentou.

O responsável sublinha que a missão da Igreja tem por objetivo “fazer da humanidade uma só família” e espera que a discussão sobre estas questões não se centre apenas sobre “aspetos negativos”.

“Nestas jornadas procuramos perceber como é que a família pode ser missionária na sua própria família e não apenas estar à espera”, conclui o diretor das OMP.

O padre Eduardo Novo, diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil (DNPJ), refere por sua vez que a discussão junto dos mais novos se centra no debater sobre a “civilização” que está a construir “não apenas no amanhã, mas já hoje”.

“Será que os jovens sentem esta urgência de refletir sobre a sua própria família, sobre si mesmos como protagonistas da construção do futuro? Urge colocar esta pergunta”, acrescentou.

O sacerdote deu como exemplo o trabalho no campo do “namoro cristão”, “a preparação para o matrimónio, a vida a dois, os filhos”, sem fugir à realidade.

“Como é que essa preparação é feita? Como é que o desemprego, a falta de trabalho nos afetam e que resposta é que nos damos?”, questionou.

Do programa, no sábado destacou-se o painel ‘Família hoje’, com Margarida Cordo, mestre em Terapia Familiar, e o teólogo Pedro Valinho, seguindo-se seis workshops.

Hoje, D. António Couto, bispo de Lamego, apresenta o tema ‘Evangelho e missão da Família’ e depois jovens e missionários participam na Eucaristia no Santuário de Fátima.

De tarde, a mesa-redonda ‘Família e comunicação – Visão antropológica e filosófica…’, vai reunir Tozé Martinho, Ana Maria Magalhães, Jorge Gabriel e a professora Inês Bolinhas com a moderação de Manuel Vilas Boas, jornalista da rádio TSF, a partir das 15h00.

OC

Check Also

Bispo do Algarve voltou a reforçar o apelo à vacinação para proteção contra a Covid-19

O bispo do Algarve voltou ontem a reforçar o apelo à vacinação para proteção contra …