Home | Noticias | Igreja do Algarve propõe exemplo de santos em campanha quaresmal para a catequese

Igreja do Algarve propõe exemplo de santos em campanha quaresmal para a catequese

A “Campanha da Quaresma”, editada pelo Setor da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve para o novo tempo litúrgico que se inicia na próxima Quarta-feira de Cinzas, dia 18 de fevereiro, visa dar a conhecer as histórias de vida de cinco santos.

Procurando integrar-se no âmbito do lema da Igreja algarvia para o presente ano pastoral de 2014/2015 – “Chamados à Santidade”, a campanha, intitulada “Para ressuscitar com Cristo, Caminha na Santidade”, propõe a apresentação de um santo para cada domingo da Quaresma como “modelo de seguimento a Jesus Cristo”.

Os santos propostos são, para além do algarvio São Gonçalo de Lagos, os portugueses Santo António de Lisboa, Santa Isabel de Portugal e Santa Beatriz e o italiano São João Bosco.

Assim sendo, nas catequeses do primeiro ao quarto ano, os catequistas são convidados a dar a conhecer aos catequizandos os modelos de fé, a entregar-lhes um desenho para colorir, bem como uma oração para ser realizada em família. Para os grupos do quinto ao décimo ano, para além da oração familiar, é proposta a “entrega de um documento ou imagem pequena em papel” com a vida de cada santo.

O Setor Diocesano da Catequese da Infância e Adolescência propõe ainda que, durante a eucaristia dominical, seja entronizada a imagem do santo de cada semana, juntamente com uma “frase-chave” da sua vida, de forma a que o mesmo seja destacado no decorrer da celebração “para que a comunidade possa entender e realizar a oração que será sugerida em cada semana”.

A Diocese do Algarve vive este ano pastoral dedicado à santidade e nesse contexto, o seu programa pastoral inspira-se no exemplo de alguns santos e propõe mesmo que se possa proporcionar o conhecimento da sua vida.

A Igreja algarvia inspira-se este ano, sobretudo, no exemplo dos “algarvios” São Vicente, padroeiro da diocese, São Gonçalo de Lagos e beato Vicente de Albufeira e pede, a nível paroquial, que se conheça a vida destes e também dos “mais próximos e conhecidos”: São João Paulo II, beatos Jacinta e Francisco Marto e beata Teresa de Calcutá, o padroeiro da própria paróquia e os que têm a sua imagem na igreja paroquial e o onomástico.

A Quaresma é um período de 40 dias – excetuando os domingos -, marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário dos cristãos.

Check Also

Vaticano: Papa elogia jovens que se dedicam a ações de voluntariado nas férias

Francisco diz que vida cristã exige coerência e critica atitudes de «hipocrisia» Cidade do Vaticano, …