Covid-19: Bispos preparam documento sobre «desafios pastorais»

Conselho Permanente da CEP abordou ainda projetos de legalização da eutanásia e proposta de referendo

 

Fátima, 12 out 2020 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai discutir em novembro, durante a sua próxima assembleia plenária, um documento sobre os “desafios pastorais” levantados pela situação de pandemia de Covid-19.

O padre Manuel Barbosa, secretário da CEP, disse hoje aos jornalistas que o tema vai estar no centro da reunião magna dos bispos católicos, a partir de 11 de novembro, no sentido de ver “os desafios que se colocam à Igreja, em geral”.

“É uma reflexão conjunta”, assinalou o porta-voz, após a reunião mensal do Conselho Permanente da CEP que decorreu esta manhã, em Fátima.

Outro documento em discussão serão as novas diretrizes sobre a Proteção de Menores, em articulação com a Santa Sé, para a sua transformação em “normas”

O responsável observou ainda, a respeito de decisões sobre novas suspensões das celebrações comunitárias, que a Conferência Episcopal procura oferecer orientações gerais, em diálogo com a DGS, considerando “normal” que se tomem decisões específicas a nível local, face ao avanço da pandemia.

O porta-voz da CEP quis reafirmar a posição da Igreja Católica, contra a legalização da prática, sublinhando que vários responsáveis e instituições têm marcado presença nas audições que decorreram no Parlamento, “em defesa da vida”.

Os bispos, observou o padre Manuel Barbosa, mostraram-se “preocupados pela insistência na legislação sobre a despenalização da eutanásia”, em particular face ao atual contexto de pandemia.

O secretário da CEP sublinhou que, perante a existência de uma petição popular em favor de um referendo, a sua aprovação pela Assembleia da República “seria uma oportunidade para a sociedade pensar sobre este assunto”.

PR/OC

Check Also

Procurar as realidades do alto: Colossenses 3,1-4

Procurar as realidades do alto: Colossenses 3,1-4   Portanto, já que fostes ressuscitados com Cristo, …