Home | Noticias | Abraço 70×7

Abraço 70×7

No dia 21 de outubro de 1979 foi emitido o primeiro programa 70×7. Foi numa manhã de domingo, Dia Mundial das Missões. Aos ecrãs das televisões portuguesas, a conviver com um preto e branco marcadamente institucional, chegava um espaço surpreendentemente novo, enigmático mesmo. Desde logo pelo nome: ‘70×7’.

Na primeira emissão de um programa que já conta mais de dois mil episódios, o apresentador só surgiu uns minutos depois do início, que entoou a “Cantata de paz”, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Primeiro um “vox pop”, perguntas a várias pessoas sobre o significado dessa expressão, 70×7. Claro que as respostas foram todas voltadas para a matemática (onde nem todos passaram com distinção…). Depois, nesse primeiro programa, a palavra foi dada a um investigador da Bíblia, porque era nessas páginas que se encontrava o significado de uma aparente conta de multiplicar. No capítulo 18 do Evangelho de Mateus: “Quantas vezes deverei perdoar? Até sete vezes?”. A resposta do Mestre dá o nome ao programa: “Não até sete, mas até setenta vezes sete”.

Regressemos a esse primeiro programa. O apresentador, o padre António Rego toma a palavra depois desta explicação para enviar um abraço, um abraço 70×7! Era a saudação de um novo projeto de televisão em Portugal, marcado pela proximidade, diálogo, a utilização da linguagem simbólica, a procura do diferente, as narrações de quem andava, até essa ocasião, distante dos ecrãs. Locais e pessoas. E todos passaram a ter lugar num programa que abateu e continua a querer abater muros, criar pontes, promover a interculturalidade. Sem luzes de muita ribalta, mas com a suficiente para lhe dar vida!

Esse primeiro abraço 70×7 identifica o projeto. Porque esse abraço quer dizer acolhimento, abrigo, hospitalidade, recetividade, perdão, bem comum… Fraternidade! E o programa 70×7 quer mostrar os ambientes que testemunham esses abraços e denunciar quem persiste em impedir que aconteçam.

Neste dia 21 de outubro, quando o 70×7 celebra 40 anos de emissões regulares na RTP, lembramos essa herança: dar e mostrar abraços 70×7! E na redação da Agência ECCLESIA, onde passam notícias, reportagens, entrevistas, programas de televisão e de rádio, o 70×7 é especial, dizemos nós! E queremos que se note, em cada emissão, pela força de cada abraço 70×7!

 

Fonte: https://agencia.ecclesia.pt

Autor:Paulo Rocha

Check Also

Seminário de Faro conta este ano com dois seminaristas da Arquidiocese de Évora

O Seminário de São José de Faro, instituição dedicada à formação dos futuros sacerdotes da …